Os Tuguduns

 

Valéria Franco

Diretora/ Coreógrafa/ criadora intérprete


Licenciatura e bacharelado em dança pela Unicamp em 1990.

Ministra aulas de Dança Contemporânea na Cia Tugudum, onde também desenvolve um trabalho de pesquisa da interação das linguagens da dança, música e teatro, fundamentado em educação somática e improvisação. Diretora da Cia.
Tugudum foi contemplada entre outros pelos editais: 2010 – Pro – Cultura Funarte – Deguste Tugudum – 2008 – Funarte Klauss Vianna para manutenção de companhia e pelo edital FICC- Prefeitura de Campinas para montagem e circulação do espetáculo “Cuidado que Pega”.

2007 – Edital FICC – Prefeitura de Campinas com subvenção para montagem do espetáculo de Dança Contemporânea “Corpo Fora” .

Atua nos seguintes espetáculos: “Cuidado que pega” (2008), “Corpo Fora “ (2007)“O que te mantém de pé” (2005), “A Bola e a Boneca” (2002), “Ora Bolas” (Estreou em 2004 no FITEI – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, realizado na cidade do Porto, em Portugal), “Percussão pra quem gosta” (Vencedor do I Prêmio Firestone, realizado em Londrina – PR, 1992).

Dalga Larrondo

Compositor , percussionista e diretor

Percussionista formado no Conservatório Nacional de Rueil-Malmaison – França. (1983) Estudou percussão com Cláudio Stephan (Conservatório do Broklim Paulista)– (1976) e Luís Anunciação (1978) Orquestra Sinfônica Brasileira – Brasil.

Obteve sua graduação universitária em música na Faculdade Mozarteum de São Paulo em 1991.

Foi Percussionista da Orquestra Sinfônica de Campinas entre 1975 e 1980. Lecionou durante sete anos ritmo e percussão no Departamento de Artes Corporais da Universidade de Campinas (UNICAMP)1985 a 1992.

Foi vencedor do I Concurso Firestone de Música Criativa com duas peças de sua autoria “Mãos” e “O móvel”, esta última em duo com a dançarina Valéria Franco (1992).

Participou como compositor e intérprete dos grupos: “Anima”, “Hos Tio” e Duo “Toca Aqui”. Atualmente, no Brasil, é reconhecido como um dos mais representativos percussionistas na área do teatro-musical, com apresentações solos de âmbito nacional e internacional.

Tem participado como intérprete e compositor dos mais importantes festivais nacionais e internacionais.

Participa atualmente do grupo Novo Ovo Novo e Duo Oxigênio e Gás Carbônico com quem gravou a música original do espetáculo Corpo Fora.

Ana Márcia Nori 

Dançarina – Criadora intérprete

Começou a dançar muito pequena. Se formou bailarina pela Escola de Bailado de Santos em 1994. Integrou o Grupo Andara de Dança durante quatro anos.

Formou-se em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de São Carlos (2001) e depois  Especialista em Saúde Mental pela Universidade Federal de São Paulo/ UNIFESP (2003).

Praticou com Etienne Bechard, na Yatra Academie de danse, Bruxelas, de 2007 a 2009, aulas de movimentos contemporâneos, e nesse mesmo local aulas de Dança Africana, com Zam Ebale.

Retornando ao Brasil volta a ter contato com atividades relacionadas à cultura popular brasileira através do Grupo “Caixeira das Nascentes” e a fazer aulas de Dança Contemporânea e Improvisação com Valéria Franco. No ano de 2012 inicia uma formação em Eutonia no Instituto Gerda Alexander, São Paulo, com previsão de término em 2015. Passou a integrar a Companhia Tugudum em meados de 2013, durante a montagem do espetáculo “Dança uma história?”.

Rodrigo Dalgalafranco 

músico performance e bailarino

 Apesar de sempre estar em contato com o meio artístico, somente no ano de 2012 percebeu que queria trilhar o caminho das artes, então voltou a fazer as aulas de Dança Contemporânea-Improvisação: Pesquisa de uma linguagem pessoal com Valéria Franco.

Entrou no ano seguinte no conservatório EMESP-Tom Jobim para estudar guitarra, onde permaneceu durante dois anos e meio .Em 2013 participou das oficinas: Improvisação de contato: estratégias para o movimento e criação-com Jovair Long. 2hs -Projeto Deguste Tugudum; Dança e Memória: um percurso através do universo imagético da cultura popular-com Rosana Baptistell Long. 2hs – Projeto Deguste Tugudum.  Atuou como guitarrista e vocalista na banda Pelados Saudosistas entre o final de 2013 até o início de 2016. Em dezembro de 2014 participou como Bailarino do espetáculo da Cia. Tugudum “O Rio e Suas Margens” no teatro do espaço cultural Maria Monteiro na cidade de Campinas-SP. Em maio de 2015  apresentou a peça solo de música cênica do compositor João Carlos Dalgalarrondo intitulada “Flamboyant” no espaço da Cia Tugudum, em meados do mês de dezembro adquiriu DRT de dançarino e no mesmo mês apresentou, integrando como membro da equipe da companhia Tugudum,  a Performance de dança e música contemporânea “Cuidado que Pega!”.

No início deste ano (2016), ingressou na Universidade de Artes do Paraná para cursar Bacharelado em Música Popular e atualmente esta morando na cidade de Curitiba-PR.

Durante o carnaval ministrou a oficina de dança e técnica de improvisação  “Corpos no Espaço” no festival Psicodália.  Apresentou o espetáculo de música e teatro “Dr. Plástico batucando nos polímeros” no sesc interlagos ao lado de Dalga Larrondo, também acompanhou espetáculos como “H quase 2 O”  e “A Bola e a Boneca” operando a luz.

Participou como dançarino da montagem do espetáculo de dança teatro “Attack On Dance.BR” dirigido pelo coreografo e performer Japones Ney Hasegawa, com apresentação realizada no Centro Cultural São Paulo, teatro Adoniran Barbosa. No dia 15 de outubro compos a programação do Interarte II de Curitiba apresentando com o gupo de performance “Plexus Sonoro” no pátio da UTFPR.

Concorreu no EDITAL 2016: CCSP Videoarte em Dança – 2ª Edição, com o vídeo “Expectar é Imaginar” classificado em 6º lugar.

 Renata Doria

Dançarina – Criadora/ intérprete

 Desenvolve trabalhos de dança contemporânea com a Cia Tugudum desde 2010, sendo que nos últimos 3 anos  participou efetivamente com  muitas apresentações em diversos eventos. Iniciou dança em 1982, estudou várias modalidades: Ballet, Sapateado Americano, Jazz e Dança contemporânea, com Janice Vieira, Oriete Claro e Regina Claro, participando de muitos festivais de dança.

Com a professora Valéria Franco, vem se aperfeiçoando em dança contemporânea, principalmente em técnicas de improvisação.

 

Coré Valente

Artista convidado, músico e criador-intérprete

Formado em artes corporais pela UNICAMP (1991) e Tecnologia Elétrica pela Unesp/Bauru – UB(1985), o multiartista Coré Valente trabalha com educação, dança, música, circo e cultura popular. Atua no espetáculo Dr. Plástico interpretando Mega Bolha.

Integrante da Balangadança Cia. desde 1998. Atua desde 1997,  como professor de música, circo e coco regente do coral Coromim, da Escola Curumim de Campinas, que trabalha com a pedagogia Freinet, e desde 2008 como regente do coral “Flor de Maio” do CRAS  Flamboyant.

Participou dos espetáculos: Óperas “O Guarani” e “A Flauta Mágica”,       “Graças a Deus” – Jornada SESC de teatro /1992, “Arcanos” – Prêmio Estímulo/1993, “Fauvel” – Prêmio Estímulo/1995, “Ivresse” – Bolsa Vitae/1995, “Sua Majestade o Circo” – SESC 1997, “Entranças” – SESC 1999/2008, “Roda Pé” – SESC 2000/2008, Prêmio Estímulo de Dança – Projeto Encena Brasil, “Nóis no Trem” – Regente do coral Coromim – SESC/Campinas 2003/2004, “O Tal do Quintal” – Centro Cultural Vergueiro São Paulo/2006 – prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Artes), Caravana FUNARTE – Petrobrás/ 2006,”Nóis na Fita” – Regente do coral Coromim – TAO/Campinas 2008

 

Ana Flávia FelIce

Atriz e dançarina

Mestre em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia (2017). Tem experiência na área de teatro, com ênfase na encenação, performance, dança e treinamento para o ator. Atualmente trabalha como professora de teatro, e é interprete (dançarina e atriz) na Cia Tugudum- Campinas-SP.  Ministrou cursos regulares de iniciação teatral para adolescentes e adultos, na escola Livre do Grupontapé de teatro e diversas oficinas para crianças, jovens e adultos.

Atuou em diversos espetáculos, dentre eles: ‘Inconcluso: Estudos para um espetáculo irrealizável. N7.’ Direção Eduardo De Paula (2015); ´O que repousa sobre os móveis’. Direção|coreografia Jhonatan Rios (2013|2014); ‘Burundanga’ Direção Ana Carneiro (2013) ‘Sobre Vida’ Direção Fernando Aleixo (2011); ‘Galileu Galilei’ Direção Yaska Antunes (2010|2011); e no curta metragem de Renato Cabral, Bom Dia (2013).

Trabalhou como ensaiadora no grupo CIPER (contato improvisação) em Barão Geraldo- Campinas (2016); encenou os espetáculos:A Cantora Careca (2009-2014) e Um Céu Para Dragões (2013|2014), e os exercícios cênicos: Apenas Uma Maçã, Habitantes da Saudade, Sobre Pássaros, Ditados.

Atuou também como produtora cultural na cidade de Uberlândia; assistente de Logistica no I Cena Animada(2014); Coordenadora de Produção e logística do Ruinas Circulares- Festival Latino Americano de Teatro(2013).  Presidente da associação de teatro de Uberlândia – ATU – (2011-2012)onde co-idealizou e coordenou os eventos: Férias na ATU, e o MATU (Mostra associação de teatro de Uberlândia).

 

Helio Carvalho

Administrador/Fotógrafo/Produtor Cultural

Bacharel em administração de empresas pela FACAMP(Campinas) graduado em 2015, com foco nas áreas de Marketing , Vendas e Criação.

Apos a graduação adquiriu conhecimento para realizar trabalhos com softwares de edição e de tratamento de imagensdo pacote Adobe, realizando cursos e desenvolvendo assim habilidades avançadas em Photoshop, Illustrator e Lightroom

Iniciou seus estudos no campo da Fotografia em 2014 realizando cursos ministrados pela Canon, Senac e MoMA (Nova York).Em 2017 estudou e realizou cursos no International Center of Photography (ICP) sitiado em Nova York, desenvolvendo habilidades na área da fotografia digital e nas técnicas de impressão fine art para fotografias.Neste mesmo ano teve seus trabalhos selecionados para exposições permanentes de fotografia de rua em 3 cidades durante festivais dedicados a fotografia e a arte fotográfica, sendo eles, “X Festival de Fotografia Hercule Florence” (Campinas), “Interfoto Itu 2017” (Itu) e “ 3º BC Foto Festival” (Balneário Camboriú). Todas as obras foram impressas e instaladas no formato lambe-lambe e coladas em locais de grande circulação.